A essência do trabalho em equipe

Uma das formas que utilizo para introduzir esse tema nos cursos e palestras que ministro é fazendo uma analogia das atividades profissionais com as do futebol. Os participantes costumam apreciar e ficam muito atentos às imagens que apresento. A simpatia dos brasileiros pelo futebol e a familiaridade que a maioria das pessoas tem com os conceitos deste esporte, predispõem suas mentes para assimilar com clareza o conteúdo de expressões como: força do conjunto; ser parte de um contexto; objetivos e metas em comum; resultados; convergência para um mesmo foco; técnica; padrões de procedimento; visão compartilhada; visão sistêmica; ações coordenadas; estímulos; feedback; relações de causa e efeito, etc.

Gosto de apresentar esse tema desta forma, que costuma ser estimulante para os participantes. Mas recentemente, após assistir uma apresentação da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo na sala São Paulo da OSESP, outra imagem muito eloquente começou a se delinear em minha mente. Apreciei muito o concerto de músicas de Strauss regido pelo Maestro Shipway. Fiquei comovida em muitos momentos e impressionada com o excelente nível alcançado pelo conjunto da orquestra.

Desde então venho pesquisando sobre a estrutura e o desenvolvimento do trabalho em equipe de uma orquestra, para construir em minha minha mente, uma outra imagem analógica ainda mais estimulante. Na construção desta nova imagem há uma expressão me guiando, que penso que fará muito sentido para os apreciadores da boa música: SINTONIA. Penso que esta palavra sintetiza com perfeição essência do trabalho em equipe.

Arquivo do Blog